Só vivenciando o Brasil Ride pra entender este meu relato, pois acredito não encontrar palavra no dicionário para descrever o que vivi nesses 3 dias de prova.

a sua coragem, a sua glória

Foram 3 dias do mais puro e bruto mountain bike. Nesses dias descobri que uma corrida de bicicleta não existe apenas 1 campeão (por categoria), mas sim todos os guerreiros que completaram esses dias são campeões. Cada um cumprindo seus objetivos traçados onde a linha de chegada é muito além do final da corrida. É o inicio de uma nova meta a ser traçada.

Durante a última etapa do Brasil Ride após 70km pedalados, eu simplesmente perdi minhas forças físicas, foi onde descobri que para concluir uma Stage Race é necessário muito mais que força física, é preciso ter um bom psicológico. Foram muitos os momentos em que passou por minha cabeça em desistir, abandonar mesmo e nunca mais participar de algo parecido. Mas algo lá no fundo me falava que eu podia mais e a vontade de cumprir meus objetivos foram mais fortes que minhas dores físicas.

Ao cruzar a linha de chegada foi instantâneo o choro veio e não deu pra segurar, passou como flash todos os momentos vividos nesses dias (pedalar ao lado de alguns dos meus ídolos no esporte e descobrir que eles também são feitos de carne e osso e que também sofrem e que problemas também acontecem com eles, o companheirismo dos que oferecem comida, água ou um empurrãozinho mesmo estando escassos disso tudo) pois só eu sei o quanto tive que ter coragem para não desistir e que cada momento vivido durante essa prova será lembrado para o resto da minha vida.

Hoje já estou sentindo saudade daquele “sofrimento” e com uma nova meta traçada para participar em outra Stage Race, espero que seja breve.

Facebook: tripedalnetTwitter: @tripedalnetInstagram: @tripedalnetMore...