Conheça o perfil dos Super Randounneurs brasileiros que irão participar da 19ª Edição do Paris-Brest-Paris: Brazucas no PBP 2019

Evandro Aguiar Jr (Bala) – H005

Evandro Bala no PBP

Cidade:
Brasília/DF

Idade:
45 anos

Profissão:
Auxiliar de Escritório

Patrocinador/Equipe:
Primus Assessoria Contábil / Cia Pau de Rato

Como/Por que começou a pedalar?
Pedalo desde sempre rs, meu primeiro Audax foi em 2007 em Brasília, mas só vim completar a primeira serie Super Randoneur em 2010. Em 2011 fiz minha primeira prova de 1000km. O pessoal do clube Randoneiro Cristal sempre tem me ajudado nas provas, pois não tenho muitos recursos financeiros, o clube nas pessoas do Hélio Henrique Abreu e também Carlos Medeiros e de vários outros ciclistas do próprio clube tem em ajudado tanto financeiramente quanto dando incentivo na forma de amizade, isso tem me ajudado a permanecer neste mundo maravilhoso da randonagem, onde o que reina mais que o intuito de chegar na frente é a cooperação e camaradagem.

Qual o BRM/LRM mais marcante?
Uma das provas que me marcou, não foi BRM e nem LRM, foi uma de 400km em que cai e detonei minha bike toda, ela deu pt rs, nem sei como terminei a prova, foi muito importante a ajuda do meu amigo Carlos Medeiros, e com a bike detonada cheguei até o final, completei a prova mas a minha bike estava toda quebrada.

Quero agradecer o Carlos Medeiros, que junto com o Hélio Henrique Abreu, mais os membros do Randoneiro Cristal, e uma galera de São Paulo, juntaram esforços para me presentear com uma bike nova, melhor do que a que eu tinha.

Já participou de outros PBP? Como foi?
Não.

Como foi a sua preparação?
Mantenho meu condicionamento pedalando para o trabalho quase todos os dias (20km) e mais um longuinho nos fins de semana, também faço treinos de corrida 2-3x por semana e de natação 2x por semana.

Qual a sua expectativa para a prova?
Estou apreensivo com a prova, pois caí recentemente e estou há quase um mês sem pedalar. Estou preocupado com as condições da prova, não conheço a França e não sei o como será pedalar lá. Espero conseguir pedalar em um grande pelotão brasileiro. Pra mim é uma grande oportunidade de estar indo para esse PBP, que será o primeiro e talvez único, pois sem o apoio da família randoneira, e da minha própria família eu não teria condições de participar dessa prova tão linda e emocionante. Obrigado a Deus pela amizade de todos!

Evandro Bala

 

Veja também

» Confira os perfis dos brasileiros no PBP 2019
» Paris-Brest-Paris a mais tradicional prova de ciclismo de longa distância do mundo
» Saiba mais sobre os Brevets Randounnerus e Audax, o Ciclismo de Longa Distância

Facebook: tripedalnetTwitter: @tripedalnetInstagram: @tripedalnetMore...