Conheça o perfil dos Super Randounneurs brasileiros que irão participar da 19ª Edição do Paris-Brest-Paris: Brazucas no PBP 2019

Jackson Felipe Erig – H007

Jackson1

Cidade:
Florianópolis/SC

Naturalidade:
Lages/SC

Idade:
41 anos

Profissão:
Trabalho com projetos de TI e sou Coordenador de PMO e Consultoria.

Patrocinador/Equipe:
Eu mesmo! / Audax Floripa

Como/Por que começou a pedalar?
Desde pequeno andava de bicicleta em Lages, mas nada sério. Depois de um longo, mas longo tempo sem subir em uma bike, em 2014 comprei uma MTB de alumínio e comecei a pedalar com maior frequência. Em 2016, depois de ter conhecido a Rafaella Della Giustina dando uma palestra na empresa que eu trabalho na semana da CIPA, falando sobre as provas de longa distância, os Audax, e tendo alguns amigos na empresa que fizeram um Audax de 200, me preparei para fazer o meu primeiro desafio de 100km, já com uma MTB novinha de carbono. Depois desse desafio continuei pedalando com maior frequência e cada vez mais longe. Em 2017 achei que era capaz de fazer o meu primeiro Audax de 200 e conversei com a Rafaella para ela me treinar. Iniciamos os treinos de bike e muscular, além de um acompanhamento com uma nutricionista para dar conta, pois na época, eu tinha como meta fazer os 200 km, 300 km e parar nos 400 km. Me superei e terminei 2017, meu primeiro ano fazendo Audax, concluindo a série completa (200, 300, 400 e 600) além dos primeiros 1000 km para fechar com chave de ouro o ano. Depois disso, 2018 fiz novamente a série completa e meu primeiro LRM de 1200km na Bélgica, o HCH (Herentals/Cosne-Sur-Lorie/Herentals). Em 2019, como ano do PBP, para me preparar, fiz pela terceira vez a série completa e será o meu primeiro PBP. Muito afim de voltar a pedalar na Europa. Gosto de pedalar para ter a liberdade de andar por ai, conhecendo lugares fantásticos e fazendo amigos por todos os lados. Pedalar é viver!

Qual o BRM/LRM mais marcante?
Acho que todos eles marcaram um pouco, foram me dando experiência em longa distância, e ainda tenho muito a aprender, mas além dos primeiros 200 km, os primeiros 300 km noturno com uma chuva onde grande parte desistiu e eu consegui completar, acho que o mais marcante foi o HCH na Bélgica que fiz ano passado. Foi o meu primeiro LRM de 1200 e minha primeira viagem para a Europa. Não poderia imaginar que a bike me levaria tão longe.

Já participou de outros PBP? Como foi?
Será o meu primeiro PBP. Espero que dê tudo certo!

Como foi a sua preparação?
Aliando a rotina do trabalho, viagens e treinos. Busco treinar pelo menos 200 km na semana. Pedalo a noite depois do trabalho. Nos finais de semana faço uns treinos mais longos, no sábado e no domingo treinava na via amiga (beira mar norte fica fechada das 6h até as 9h para treinos) ou treinava subidas em São Pedro de Alcântara. Fiz também a série completa aqui no Audax Floripa 2019, além do Audax 200 de Fraiburgo e terminarei os treinos com o Audax 200 de inverno agora dia 27/07. Fiz também fortalecimento muscular por 6 meses com personal trainer. Nessas últimas semanas só continuar rodando para estar bem preparado para o PBP.

Qual a sua expectativa para a prova?
Fazer uma boa prova, dentro das 90h, principalmente pegando as lições aprendidas do ano passado no HCH. Se conseguir fazer em menos de 89h, meu tempo ano passado no HCH, tô no lucro!

 

Veja também

» Confira os perfis dos brasileiros no PBP 2019
» Paris-Brest-Paris a mais tradicional prova de ciclismo de longa distância do mundo
» Saiba mais sobre os Brevets Randounnerus e Audax, o Ciclismo de Longa Distância

Facebook: tripedalnetTwitter: @tripedalnetInstagram: @tripedalnetMore...