Fim de semana agitado com grandes eventos esportivos, foram 3 eventos nacionais e um pan-americano de BMX. E agora começa uma seqüência de ultramaratonas de mountain bike pelo país.

pódio brasileiro de xco masculino elite
Pódio elite masculina no Brasileiro de MTB XCO (Luis Claudio Antunes/CBC)

Campeonato Brasileiro de MTB Cross Country Olímpico (XCO)

Na disputa do Campeonato Brasileiro de MTB Cross Country Olímpico (XCO), no Lar Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo (SP), Henrique Avancini (Cannodale Factory Racing) conquistou o tetra na elite masculina, José Gabriel Marques (Team Groove XCO) levou a prata, em seu primeiro ano na elite. Em terceiro e quarto lugares estiveram Guilherme Muller e Rubinho Valeriano (ambos Sense Factory Racing), respectivamente. Luiz Henrique Cocuzzi (Lar/Scott) ficou com a quinta colocação.

Além de garantir o quarto título nacional na elite masculina, Henrique Avancini somou sua 13º conquista no Brasileiro de MTB, desde as categorias de base do esporte.

Henrique AvanciniCruzar a linha de chegada e poder comemorar com a torcida incrível que marcou presença na pista, além de amigos e família, é um sentimento indescritível. Foi o meu 13º título brasileiro e tenho muito orgulho desse resultado. A temporada tem sido fantástica, de muitas realizações. Eu trabalhei durante muitos anos e quando as coisas começam a acontecer com mais naturalidade é super especial.” Henrique Avancini

podio brasileiro xco feminino elite
Pódio elite feminina no Brasileiro de MTB XCO (Luis Claudio Antunes / CBC)

No feminino, a veterana Jaqueline Mourão surpreendeu a nova geração e retomou o título nacional. Raiza Goulão foi a vice-campeã e Letícia Cândido foi a terceira colocada. Viviane Favery e Danielle Moraes completaram em quarto e quinto lugares, respectivamente.

Jaqueline, com uma jovialidade incomparável aos 42 anos, voltou a vestir a camisa de campeã nacional após uma década. Antes de desembarcar no Brasil, a atleta disputou duas provas testes no Canadá, onde ficou surpresa com seus resultados, e encarou duas etapas da copa do mundo, que lhe renderam confiança e muita motivação para seguir firme de volta na Elite do Mountain Bike XCO.

Jaqueline MourãoUma mistura de emoções… feliz pelo meu resultado, feliz por ter saúde para competir ao lado das minhas MTeenBs Raiza Goulão e Letícia Cândido, orgulhosa de ver a performance das duas e coração apertado ao ver a Raiza tendo problemas mecânicos… parabéns pela garra Raiza” Jaqueline Mourão

 
mario verissimo brasil ride 24h costa rica 2018
Mario Veríssimo (WladimirTogumi / Brasil Ride)

Brasil Ride 24 Horas de MTB

O goiano Mario Veríssimo (Squadra), atual campeão na disputa das Américas da ultramaratona Brasil Ride, fez bonito neste fim de semana, na disputa da Brasil Ride 24 Horas de MTB, em Costa Rica (MS). Veríssimo foi campeão da prova, um evento-teste para o Campeonato Mundial 24 Horas de MTB Solo 2019. O ciclista completou 12 voltas no circuito de cerca de 30 km e 500 metros de ascensão altimétrica, o que totalizou 360 km no período total de 23h39min19. Na Solo Feminina a vitória ficou com Daniela Araújo, que completou 6 voltas em 19h32min58.

 
sertão diamanges hugo prado neto
Hugo Prado Neto – Sertão Diamante(Felipe Lovalho / Divulgação)

Sertão Diamante de MTB

Os atletas que disputaram neste sábado e domingo o Sertão Diamante de MTB, encararam 92,3 km no primeiro dia, com 2.252 m de altimetria acumulada, e mais 60,2 km na decisão, com 1.765 m de ascensão. Após os mais de 150 km pedalados. O vencedor foi Allyson Lucas, o Tigrinho (6h59min26). O segundo colocado geral foi Uira Ribeiro (7h13min04). Hugo Prado concluiu sua participação em terceiro lugar na geral, sendo vice-campeão da elite masculina, com 7h19min07. Entre as mulheres, o melhor tempo foi de Emiliana Mara, 9h24min53, seguida por Soraya Soares (9h59min13), com Eliana de Souza em terceiro e Raquel Gontijo em quarto.

 
xterra lagoa dos ingleses laura mira
Laura Mira – XTerra (Claudio Capella / Divulgação)

XTerra Lagoa dos Ingleses

Diogo Malagon foi o campeão do XTerra Lagoa dos Ingleses, em Nova Lima (MG), após completar 1,5 km de natação na lagoa, 26 km de mountain bike e 10,5 km de corrida de montanha, a trail run, com o tempo de 2h12min14. Rafael Juriti concluiu sua participação com o vice-campeonato, em 2h14min14. Na elite feminia, Sabrina Gobbo (Trek/Shimano) foi a campeã, seguida de Laura Mira (Squadra Oggi).

 
priscila stevaux no panalemricano de bmx na colombia
Stevaux na Colômbia – Fedeciclismo (Divulgação/ Fedeciclismo)

Campeonato Pan-Americano de BMX

Na Colômbia, Priscilla Stevaux subiu no lugar mais alto do pódio do Campeonato Pan-Americano de BMX, realizado em Medelim, garantindo o ouro inédito na competição continental. Em seguida, na mesma cidade, disputou a Copa Latinoamericana de BMX, completando a etapa 4 em quarto lugar.

Priscila Stevaux Campeã Panamericana de BMXEste é o meu primeiro título de campeã pan-americana, após o vice no ano passado. Estou muito contente por levar essa medalha de ouro para casa e representar tão bem o Brasil em uma competição internacional de alto nível. Um ano muito bom para mim, vencendo o tetra brasileiro e agora o Pan.
 
Foi nesta mesma pista de Medelim, no Circuito Mariana Pajón Londoño, que disputei em 2016 o Campeonato Mundial de BMX. Ela é considerada uma das mais técnicas e difíceis do mundo. Sempre me agradou o estilo, com vários saltos, algo bem próprio da Mariana Pajón (bicampeã olímpica). Tive pouco tempo de adaptação, mas consegui ir melhorando nas classificatórias até chegar à final.” Priscilla Stevaux

 
Largada Brasil Ride
Prontos para a largada (Fabio Piva / Brasil Ride)

Ultramaratonas de MTB

No próximo final de semana, de 27 a 29 de julho, acontecerá a Expedição Tripedal Caminho de Cora, uma cicloviagem por um percurso cultural levantado a partir de relatos de viagem do século 18, com 300km e 5.200m de ganho de elevação a serem realizados nos 3 dias em ritmo de treino como preparação para as próximas provas do nosso calendário, que tem pela frente a Caminhos de Rosa, no dia 18 de agosto, uma das ultramaratonas non-stop de MTB mais duras do mundo, com 300km e 4000m de ganho altimétrico. Em setembro, Tora Racing de Mountain Bike, com duas etapas somando 160km e 3850m de elevação. E em outubro, a Brasil Ride, principal stage race das américas, com 7 estágios totalizando 600k e 13.000 de ascensão.

 

Veja também

» Confira o nosso ranking com as melhores ultramaratonas de MTB do Brasil
» Conheça os principais tipos de provas do MTB Cross-Country (XC)
» Calendário de Provas 2018

 

Referências

Assessoria de Imprensa Shimano Brasil | ZDL Sports
Red Bull / MTB

Facebook: tripedalnetTwitter: @tripedalnetInstagram: @tripedalnetMore...