Uma das principais ultramaratonas de mountain bike do mundo, competição tem 60 inscritas vindas de 11 países para a disputa na Bahia entre 21 e 27 de outubro. Crescimento é de 33% em relação à temporada passada

Brasil Ride
Sorriso para a foto (Sportograf / Divulgação)

Seguindo a onda mundial do crescimento no número de praticantes do ciclismo feminino, a Brasil Ride chega a sua nona edição, entre 21 e 27 de outubro, em Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro (BA), e Guaratinga (BA), com a expectativa de mostrar que o mountain bike cada vez mais é o lugar das mulheres. Com total de 60 inscritas na ultramaratona nas categorias ladies e mista, a prova bate o recorde de 2017, quando teve 45 representantes no gênero. Além de Brasil, outros dez países terão mulheres em ação na competição: EUA, Canadá, França, Alemanha, Portugal, Espanha, Bélgica, Noruega, Venezuela e Nova Zelândia.

Mario Roma Brasil RideA Brasil Ride, com sua megaestrutura, garante a segurança para mais mulheres sentirem-se confiantes para disputarem o nossa ultramaratona, crescendo assim o número de participantes a cada ano. São vários exemplos de esposas de atletas, que antes vinham para nossa prova apoiá-los, e com o passar do tempo começaram competir e evoluir no esporte, mostrando que elas têm toda capacidade de completar essa que é uma das provas de MTB por etapas mais difíceis do mundo. Este grande pelotão feminino, seja de profissionais que vivem do esporte, ou então composto por amadoras, merece todos os aplausos” Mario Roma, fundador da Brasil Ride

Em 2018, já são 18 duplas confirmadas na elite feminina, em busca da “orange jersey”, que mais uma vez vai ofertar 120 pontos para as vencedoras nos ranking olímpico e mundial da UCI (União Ciclística Internacional). “Tivemos um crescimento significativo no número de mulheres inscritas na nona edição da Brasil Ride, com um aumento de 33% em relação a 2017 até o momento. Isso confirma a força das nossas divas no esporte. Teremos várias duplas fortes na luta pela camisa laranja, que assim como no masculino, terá a edição mais equilibrada e disputada de toda a história da ultramaratona”, completa Mario Roma.

Atuais campeãs da Brasil Ride, Raiza Goulão e Margot Moschetti (FRA) estão confirmadas para defender o título. A francesa vai em busca do bicampeonato na prova e Raiza quer garantir o tricampeonato, após ter vencido pela primeira vez em 2015, ao lado de Viviane Favery, ciclista que também competirá na prova realizada pelo terceiro ano consecutivo no Extremo Sul da Bahia.

No caminho das atuais vencedoras, várias ciclistas do mundo inteiro, que prometem dar muito trabalho. Atual campeã brasileira de cross country olímpico (XCO), Jaqueline Mourão voltou a competir no MTB e estará na prova ao lado da canadense Cindy Montambault. Dos Estados Unidos, Kaysee Armstrong e Hannah Rae Finchamp estão confirmadas, assim como a norueguesa Marianne Bergli e a neozelandesa Stacey Hyslop. Campeã em 2016 da Brasil Ride, Letícia Cândido também vai disputar a nona edição.

 
Pódio Feminino Brasil Ride 2017
Festa no pódio (Fabio Piva / Brasil Ride)

O hall da fama na elite feminina:

2017 – Raiza Goulão (BRA) e Margot Moschetti (FRA)
2016 – Letícia Cândido (BRA) e Isabella Lacerda (BRA)
2015 – Raiza Goulão (BRA) e Viviane Favery (BRA)
2014 – Sonya Looney (EUA) e Nina Baum (EUA)
2013 – Rebecca Rusch (EUA) e Selene Yeager (EUA)
2012 – Adriana Nascimento (BRA) e Daniela Genovesi (BRA)
2011 – Adriana Nascimento (BRA) e Sabrina Gobbo (BRA)
2010 – Celina Carpinteiro (POR) e Ivonne Kraft (ALE)

 
Paula Galla Brasil Ride
Prólogo abre a Brasil Ride em Arraial d’Ajuda (Fabio Piva / Brasil Ride)

A prova

Considerada a Giro d’Itália do MTB mundial, a ultramaratona marcada para os dias 21 a 27 de outubro, no Extremo Sul da Bahia, oferece um desafio e tanto para os 500 atletas participantes do mundo inteiro. Durante sete dias, os inscritos na disputa têm pela frente cerca de 600 km e quase 11.000 m de altimetria acumulada, entre trilhas e estradas de terra que ligam Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro, a Vila Brasil Ride, construída anualmente em Guaratinga. No último dia da competição, o sábado (27), mais 1.200 ciclistas de todo o País juntam-se às estrelas do mountain bike internacional, para a disputa da Maratona dos Descobrimentos. Uma oportunidade única de pedalar e ver de perto os melhores mountain bikers do mundo.

 

Veja também

» As 7 Etapas da Brasil Ride 2018
» Saiba mais sobre a Brasil Ride
» Confira o nosso Ranking com as 5 Melhores Ultramaratonas de MTB do Brasil

 

Fonte

Assessoria de Imprensa da Brasil Ride | ZDL Sports

Facebook: tripedalnetTwitter: @tripedalnetInstagram: @tripedalnetMore...