Competição na região da Cuesta Paulista reuniu cerca de 4.000 ciclistas e corredores em um dos maiores eventos outdoor do Brasil.

Festival Brasil Ride
Primeira largada da elite masculina (Fabio Piva / Brasil Ride)

Prólogo

Atual vice-campeão do Warm Up Pro no Festival Brasil Ride Botucatu, o paulista João Paulo Firmino, de Batatais, começou com o pé direito na disputa da sexta edição do maior evento de esportes outdoor do País. Firmino foi o ciclista mais rápido a completar os 11,6 km e 455 m de altimetria acumulada do prólogo na Cuesta Paulista, em 31min32seg854. A primeira de três etapas da Pro teve ainda Hugo Prado Neto, 15 segundos atrás, Sidnei Fernandes, Renan Cesar da Silva e Mario Antonio Veríssimo no top 5 entre os homens.

João Paulo FirminoO prólogo tem um percurso bem difícil e muitos atletas optam por não correr grandes riscos. Como conheço bem a prova, tendo disputado o Warm Up em quatro das suas cinco edições anteriores, tenho uma certa facilidade nas descidas com pedras e tenho histórico baixo de quedas, procuro sempre me arriscar e valorizar cada segundo. Fiz a prova no limite e consegui chegar alguns segundos à frente do Hugo Prado Neto” João Paulo Firmino

Octacampeão da categoria máster da ultramaratona Brasil Ride realizada anualmente na Bahia, o experiente Abraão Azevedo, de 49 anos, mostrou que está bem boa forma, após completar a disputa em oitavo lugar na primeira etapa, a cerca de dois minutos do líder João Paulo.

Absa Cape Epic 2017 Stage 1 - HermanusA corrida foi boa. Consegui largar bem e tentei conectar junto com o pessoal da frente. Eles abriram de mim na subida e tentei alcançá-los na descida, mas acabei levando um tombo e perdi contato. No final o Edivando me ultrapassou, consegui chegar nele e no quilômetro final ele abriu uma pequena distância de mim. É bom correr com essa turma que conheço há muito tempo. Foi um prólogo bem legal” Abraão Azevedo

Entre as mulheres, a liderança foi da mineira Isabella Ribeiro, que completou os 11,6 km em 41min12seg777. Isabella superou por 1min03 a segunda colocada do dia, Paula Gallan. Giovana Corsi, Julyana Machado Rodrigues e Amanda Vieira completaram as cinco primeiras posições do primeiro dia.

 
Festival Brasil Ride
Largada a todo vapor (Fabio Piva / Brasil Ride)

Segunda Etapa

Após a segunda etapa disputada na manhã da sexta-feira (1/6). A fuga bem sucedida de Mario Veríssimo e Cristian Egídio da Rosa logo no km 15 dos 78 pedalados da segunda etapa, garantiu a Mario a vitória no sprint decisivo. Ambos os atletas cruzaram a linha de chegada em 2h32min45, com uma diferença de pouco mais de três décimos de segundos a favor de Mario.

O top 5 do dia entre os homens teve ainda Renan Cesar da Silva e Hugo Prado Neto, ao finalizarem em 2h38min38 e 2h38min42, respectivamente, e Gideoni Monteiro, em quinto lugar, em 2h43min44.

Mario VeríssimoFui com o Cristian e no começo rodamos muito forte. Acabei sofrendo um pouco no fim, e ele foi parceiro demais. Me ajudou bastante. Esse é o tipo de parceria que vemos bastante no ciclismo. Apesar de sermos adversários, cada um se ajuda em diferentes provas e desta vez ele me deu força. Conseguimos abrir um bom tempo dos demais e estou feliz pela liderança. Agora é a hora de usar a cabeça na decisão, deste sábado (2)” Mario Veríssimo

Atual vice-campeão brasileiro de contrarrelógio no ciclismo de estrada, tendo conquistado diversos títulos nacionais, Cristian Egídio foi um dos principais protagonistas do segundo dia do Warm Up Pro.

Adoro competir no mountain bike e me aventurar nos desafios que essa modalidade nos oferece. É bom sair da rotina das estrada, que exige muito dos atletas e nos deixa preparados para conquistar bons resultados” Cristian Egídio

Entre as mulheres, a vitória de Franciele Almeida também foi definida nos metros finais, em uma diferença de menos de quatro décimos de segundo para a segunda colocada, Lais Saes. As duas completaram na casa de 3h15min36. O top 5 teve ainda Eliana Pinheiro, em 3h16min09, a nova líder geral Julyana Machado Rodrigues, em 3h18min02, e Giovana Corsi, em 3h22min21, entre terceiro e quinto lugares, respectivamente.

 
Hugo Prado vence Warm-up 2018
Hugo festeja na chegada (Wladimir Togumi / Brasil Ride)

Terceira Etapa

O público da Cuesta Paulista assistiu no sábado (2) uma dobradinha de belo-horizontinos no Warm Up Pro do Festival Brasil Ride Botucatu. Vencedor da terceira e última etapa da principal disputa de MTB do evento, Hugo Prado Neto conseguiu superar os dois rivais que estavam à sua frente antes da decisão, o paulista Cristian Egídio e o o goiano Mario Veríssimo, quarto e sexto colocados do dia, respectivamente. Na elite feminina, a vitória foi da paulista Eliana Pinheiro, enquanto Isabella Ribeiro ficou com o troféu de campeã, após ter vencido o prólogo na quinta-feira (31), e terminar apenas em oitavo lugar na corrida intermediária de sexta-feira (1º).

O terceiro título de Hugo Prado Neto (2013, 2015 e 2018), no entanto, não foi nada fácil. Se no prólogo foi o terceiro colocado e na segunda etapa ficou em quarto, Hugo chegou à decisão em terceiro na geral, e precisava superar Mario e Cristian, que estavam quase cinco minutos à sua frente. Na etapa final, teve de encarar 106 km e um pneu furado logo nos quilômetros iniciais. Mesmo assim, conseguiu chegar nos adversários e liderou sozinho os últimos 20 km, após deixar para trás o segundo colocado do dia, Uira Ribeiro de Castro, atleta da máster A2.

Hugo Prado Neto Warm-upSabia da importância desta última etapa, a Rainha, e tinha consciência de que nada estava perdido. A minha parte era vencer e tentar abrir o máximo de tempo. Ainda tive um furo no pneu logo na primeira descida e mesmo assim acreditei em mim. Fiz uma preparação mental muito grande, para encaixar este ano e ter bons resultados. Estou feliz demais com essa vitória e me sinto realmente merecedor deste tricampeonato no Warm Up Pro” Hugo Prado

A surpresa entre os primeiros colocados na classificação do dia foi o também mineiro Uira Ribeiro, de Varginha. O experiente ciclista esteve o tempo todo ao lado dos ponteiros da prova e teve bastante protagonismo. “Estou muito satisfeito. Decidi participar da prova nesta semana e fui crescendo no decorrer das etapas. Me senti bem melhor e estou feliz pelo resultado, de ser campeão na máster A2. Consegui fazer algumas fugas e me destaquei nas trilhas de downhill. No final, ser o segundo no geral desta etapa Rainha é gratificante”, comentou Uira.

Na elite masculina, o top 5 do dia teve ainda Renan Cesar da Silva, em segundo lugar, João Paulo Firmino, em terceiro, e Cristian Egídio da Rosa e Rodrigo Ribeiro, na quarta e quinta colocações, respectivamente. Na classificacão geral, Cristian Egídio foi o vice-campeão, enquanto Renan, João Paulo e Mario Veríssimo completaram os cinco primeiros do pódio final.

Na disputa pelo título feminino do Warm Up Pro do Festival Brasil Ride, a liderança após as três provas voltou às mãos de Isabella Ribeiro, campeã de forma inédita do evento, em seu primeiro ano com foco maior nas provas de mountain bike. Atleta formada no triathlon off-road, Isabella se emocionou bastante com a conquista.

Isabela Ribeiro Warm-upA disputa decisiva foi bem diferente da etapa intermediária, que teve 90% de estradão e isso não era favorável para mim, que não tenho costume de pedalar em pelotão, esperava a cada momento as trilhas e as partes técnicas, que era onde eu tinha condições de tirar tempo das minhas adversárias e lutar pelo título. Foi emocionante, porque durante o percurso fui ultrapassando uma, depois outra. E isso faz você crescer na corrida. Me senti bem o tempo todo e nas partes técnicas, que estavam alucinantes, me diverti muito. Foi a maior quilometragem que pedalei em minha carreira, quebrando dois recordes de acordo com meu aparelho de GPS. O pedal mais longo, com 106 km, e a maior ascensão acumulada até hoje, com cerca de 2.600 m” Isabela Ribeiro

Categoria sport – Enquanto os atletas da Pro iniciaram a decisão às 8h da manhã deste sábado, os inscritos na Sport tiveram o início duas horas mais tarde. No entanto, a ansiedade era tanta, que às 8h15 já havia uma boa quantidade de ciclistas aguardando no bolsão de largada. Com cerca de 70 km a serem pedalados, Lucas Esteves, em 2h19min05, e Adeilsa Nascimento, em 2h43min03, foram os vencedores gerais do Warm Up Sport do Festival Brasil Ride.

Festa da garotada no Bike Kids – Outro destaque deste terceiro dia de Festival Brasil Ride Botucatu foi a realização da corrida Bike Kids, logo após a largada do Warm Up Sport. A partir das 10h30, foi a vez dos pequenos fazerem a festa em um mini-circuito montado na arena do maior festival de esportes outdoor do País.

 

Restultado Warm-up Pro

Top 5 da elite masculina
1 – Hugo Prado Neto – 7h57min03
2 – Cristian Egídio – 8h04min42
3 – Renan Cesar – 8h06min50
4 – João Paulo Firmino – 8h12min33
5 – Mario Veríssimo – 8h16min31

Top 5 da elite feminina
1 – Isabella Ribeiro – 10h30min05
2 – Eliana Pinheiro – 10h34min06
3 – Lais Saes – 10h40min08
4 – Paula Gallan – 10h40min16
5 – Franciele Almeida – 10h48min55

 

Veja também

» Calendário de provas da Brasil Ride 2018
» Confira o nosso ranking com as melhores ultramaratonas de MTB do Brasil
» Conheça as modalidades do mountain bike cross country (XC)

 

Fonte

Assessoria de Imprensa da Brasil Ride | ZDL Sports

Facebook: tripedalnetTwitter: @tripedalnetInstagram: tripedalnetMore...