As disputas do ciclismo de pista olímpico são realizadas em um velódromo com 250m de pista. E são divididas em cinco modalidades de provas: Sprint, Perseguição Individual, Perseguição por Equipe, Keirin e Omnium.

Ciclismo de Pista
Velódromo – Foto: Divulgação

Ciclismo de pista é uma das modalidades que estão nas Olimpíadas desde sua primeira edição moderna: 1896. Porém para mulheres a pista só esteve presente a partir das Olimpíadas de Seul, em 1988.

No Brasil, o ciclismo de pista ainda é uma modalidade incomum pela simples razão que para formar atletas de pista é necessário ter um equipamento fundamental: o velódromo. Com provas extremamente emocionantes e velozes, o Brasil permanece fora do ranking mundial e sem tradição no esporte porque há décadas parou de investir e enterrou a modalidade.

Conheça as modalidades do ciclismo de pista:

 

Sprint

Os ciclistas de Sprint precisam usar a força máxima, no limite para vencer o concorrente.Pois é uma prova de muito impulso e arrancada, trata-se da prova mais rápida que acontece no velódromo.

Dois ciclistas precisam percorrer três voltas eliminatórias na pista, mas somente a última é cronometrada. Então as duas primeiras voltas são muito lentas e estratégicas, eles se estudam, procuram a melhor posição de “ataque” e evitam ficar à frente um do outro para que não se dê a vantagem do vácuo. Quando entram na terceira volta, eles explodem e chegam a mais de 70km/h. Quem cruzar a linha de chegada primeiro, vence.

 

Perseguição Individual e por Equipe

Essa prova acontece em duas modalidades, individual e por equipes.

Na Perseguição Individual, dois ciclistas (um de cada equipe) largam em posições opostas do velódromo. A idéia é pedalar até alcançar o da frente, quem ultrapassar primeiro o adversário ganha a prova. Caso isso não aconteça, o vencedor é aquele que completar o percurso da prova em menos tempo. Para homens, a distância é de 4km (ou 16 voltas) e, para as mulheres, 3km (ou 12 voltas).

Na Perseguição por Equipe, a lógica é a mesma da individual. São quatro atletas de cada equipe, que se posicionam nos lados opostos da pista e o grupo mais rápido vence. Eles também precisam buscar e alcançar a equipe adversária. Onde os atletas da equipe revezam seus posicionamentos com muita técnica e precisão. A mudança de posições (escaleira) acontece para alternar o esforço diante da resistência do ar e economizar energia dos atletas, isso maximiza e melhora a performance de todos. Após completar a primeira volta, o ciclista que está puxando sobe pelo lado direito da parede do velódromo, se posiciona em último da fila e dá lugar ao segundo, que passa a comandar o ritmo. Esse movimento acontece sucessivamente até o final da prova. Essa é uma das provas mais bonitas do velódromo. São 4km (ou 16 voltas) no masculino e 3km (ou 12 voltas) no feminino.

 

Keirin

Esta prova conta com o auxilio de uma bicicleta elétrica (ou moto) para puxar o pelotão, onde seis ciclistas de várias equipes pedalam em grupo atrás dela, o piloto controla a velocidade dos atletas em 30km/h para os homens e 25km/h para as mulheres. Quando completam 4 voltas e meia, começa a disputa forte. Nos últimos 600 metros, os competidores alcançam velocidades acima de até 50km/h no masculino e 45km/h no feminino, quem chegar primeiro vence. Esta é a prova mais perigosa do velódromo, onde acontecem os piores acidentes da competição.

 

Omnium

A Omnium é o maior desafio individual para os ciclistas de velódromo. A competição é dividida em 6 etapas diferentes, disputadas durante dois dias. Os atletas ganham pontos de acordo com a sua participação em cada etapa, ao final vence quem tiver acumulado mais pontos.

Flying Lap: Cada ciclista dá uma volta de 250m sozinho, contra-relógio. Quem fizer o melhor tempo, ganha.

Corrida de pontos: Os pontos são disputados em Sprints que acontecem a cada 10 voltas e o ciclista também ganha pontos se conseguir dar a volta no pelotão. São 30km para homens e 20km para mulheres.

Eliminação: O pelotão disputa sprint eliminatórios, o último que passar pela linha de chegada a cada duas voltas é eliminado da competição. E quem ficar até o final ganha.

Perseguição individual: Dois ciclistas largam em lados opostos do velódromo, disputando quem anda mais rápido em 16 voltas/4km no masculino e 12 voltas/3km no feminino.

Scratch: O pelotão larga junto e quem chegar primeiro ganha! São 16km para homens e 10km para mulheres.

Contra-Relógio: Prova de muita velocidade, o atleta que fizer o melhor tempo ganha. Apenas 1km para homens e 500m para mulheres.

Facebook: tripedalnetTwitter: @tripedalnetInstagram: @tripedalnetMore...