Queria mais, declara Weimar Pettengill
Ciclistas descem a pista do Lago Sul a 109,1 km/h – Foto: Alexssandro Loyola – Arquivo Pessoal

 

Sr. Motorista,

Quando passar por uma bicicleta nas ruas de Brasília, e se o ciclista estiver equipado com luvas, capacete e bermuda coladinha, pode ser mais um da espécie Campeão, tão comum nas ruas da Capital.

Pode ser um Campeão Brasiliense, Brasileiro, ou Mundial. Ou “apenas” um deficiente visual querendo ser recordista do Guinness. Ou, quem sabe, um futuro – ou uma futura – Campeã Olímpica. Sem falar que pode ser seu futuro marido, sua filha, seu sogrão gente boa, primo do seu melhor amigo, noiva do seu irmão…

Abra um pouquinho, depois de conferir se é possível, e admire. Veja a postura, os músculos, a respiração. Veja se está rápido, ou já descansando do sprint. Admire, é bonito de ver!

E não se acanhe: eles e elas adoram um incentivo:

– Força! Acelera! Deixa de moleza! Pense na pizza! Tome água!
Sebo nas canelas! Isso aí, campeão! Bora, mulher, pedala!

Não importa o que, exatamente! Importa protegê-lo.

Autor: Weimar Pettengill

Facebook: tripedalnetTwitter: @tripedalnetInstagram: @tripedalnetMore...