Confira as dicas que selecionamos para quem quer fazer o percurso da Estrada Real de bicicleta.

Travessia de ponte férrea na serra da Mantiqueira - Exp Tripedal
Exp. Tripedal Estrada Real (@darleycardoso)

Dica 01 – Cuidado no milharal

Alguns trechos da Estrada Real são por trilhas (singletracks), e passamos por locais onde o percurso foi desmatado, arado e/ou cercado. Ás vezes, o tracklog e as marcações se perdem e pode ser difícil encontrar a trilha novamente, principalmente durante a noite.

Quem assistiu ao vídeo do @bikecast no primeiro dia da estrada real, viu quando eles se perderam na terra arada, aquilo ali agora virou uma plantação, os pés de milho já estão grandes e a mata fechou pra entrar e sair dali, o caminho ficou escondido naquela região, deve-se tornar cuidado pra não se perder e depois pra sair de lá e chegar em Glaura, tenha cuidado com os cães na saída da trilha.

Assim, partes do percurso do tracklog oficial pode sofrer alteração por ações de fazendeiros, que interrompem uma trilha ou estrada, às vezes arando a terra, passando cercas, trancando porteiras, etc. Nestes casos, ao perceber que a estrada ou trilha não está mais apontando para onde deveria, volte até algum ponto de referência e procure imagens de satélite ou mapa via GPS e identifique as vias vicinais que circulam a região e siga contornando até o próximo ponto de referência da Estrada Real.

 

Dica 02 – Carimbar o passaporte

Os locais que carimbam o passaporte nem sempre estão dentro do trajeto ou podem ser de dificil identificação e podem estar fechados em determinados horários, etc. Então é interessante se planejar para escolher onde carimbar o passaporte, nossa estratégia foi carimbar nas pousadas cadastradas, e sempre que possível hospedávamos nestes locais.

 

Dica 03 – O marco zero de cada cidade

Os percursos (tracklogs e mapas de rota) da Estrada Real levam a um ponto dentro de uma cidade, mas nem sempre o próximo percurso começa onde o último terminou. Por isto, é bom ficar atento e definir rotas diretas pra não ficar perdido nas maiores cidades.

 

Dica 04 – Carpe diem

Tenha flexibilidade no seu planejamento, de modo que possa aproveitar a viagem e ficar mais tempo em lugares que vão te atrair e também para descansar e por algum imprevisto.

 

Dica 05 – No pain, no gain

Treine em subidas longas, principalmente se vc for viajar com alforges treine subir com eles carregados de forma constante, inclusive, faça treinos consecutivos de adaptação.

 

Dica 06 – Estratégia, do grego Strateegia

Fique atento com o desgaste físico e a sua recuperação com o passar dos dias na Estrada Real, esteja preparado para atravessar os locais mais difíceis ou isolados e não ficar em uma situação complicada. Neste caso, também é bom calcular com cuidado a quantidade de suprimentos para cada travessia.

 

Dica 07 – Tromba d’àgua

Durante o período de chuvas pode ocorrer enchentes e alagamento em partes do percurso, além de ocorrem problemas de queda de pontes e desmoronamentos de barrancos. Em alguns locais a travessia pode ser bastante perigosa e inviável no caso de uma tromba d’água (quando volume de água pode subir vários metros em pouco tempo, formando uma enxurrada destruidora).

Neste caso a dica é consultar a previsão do tempo e ficar atento quanto a mudança do clima no período chuvoso e redobrar o cuidado nas áreas de maior risco de afogamento ou desmoronamento, como valões, margens de rios com corredeiras, etc.

 

Dica 08 – Horário da balsa

Fique atento aos horários da balsa ou de canoeiros para fazer a travessia na Represa de Camargos, pois dependendo do horário que chegar poderá ser problema fazer a travessia ou ter que contornar a represa, poderá ser um problema até mesmo conseguir hospedagem.

 

Dica 09 – Perigo: Carros na pista

Cuidado com o último trecho de asfalto, utilize sinalizadores e planeje o horário para descer a serra levando em conta os horários com claridade devido a mata fechada ao longo do percurso.

 
Se tiver mais dicas para compartilhar com a gente, comente aí.

 

Veja também

» Expedição Tripedal Estrada Real
» Relato Estrada Real Caminho Velho
» Um Chorão na Estrada Real
» Relato Estrada Real – Caminho do Sabarabuçu
» Vídeo da Exp. Tripedal Estrada Real Caminho Velho
» Hotéis “Amigos da Bike” na Estrada Real

 

Fonte

Dicas do dia publicadas durante a Exp. Tripedal Estrada Real Caminho Velho via @tripedalnet

Facebook: tripedalnetTwitter: @tripedalnetInstagram: @tripedalnetMore...